sábado, 6 de maio de 2017

Marxismo cultural

O marxismo cultural está contra o cristianismo, a tradição, a família, a propriedade, a liberdade.
O marxismo cultural inverte a ordem do ser porque defende que a questão fundamental da Filosofia é a relação entre o pensamento e o ser, sendo este último a matéria.
O marxismo cultural vê no futuro a certeza e no passado a incerteza, razão por que se abalança a reescrever a História.
O marxismo cultural está a favor de todos os socialismos, do ambientalismo (religião idolátrica), do feminismo mais radical, do homossexualismo, da ideologia de género (fim do conceito jurídico de homem e mulher), do desconstrucionismo (rebentamento das pontes entre as várias linguagens e a realidade), das formas de arte mais tresloucadas (música, teatro, cinema, pintura, literatura, etc.).

1 comentário: